Skip to content Skip to navigation

Sobral: Originality and Quality in Education

All Authors: 
Bernardo Mançano Fernandes
LC Authors: 
Year of Publication: 
2016

Technical Report

Sobral: originality and quality in education

On December 6, Izolda Cela (Vice Governor of Ceará and former Secretary of Education of Sobral and state of Ceará) and Veveu Arruda (Mayor of Sobral) visited Stanford and talked about the success of the educational system in Sobral and Ceará at the Lemann Center Seminar Topics in Brazilian Education.

Although Brazil has improved educational policies, we continue to collect poor results in international rankings. This paradox is the result of the discontinuation of quality educational policies. The quality indicators of education in the top-ranking countries demonstrate that to achieve the best results requires a joint effort of several institutions and the permanence of educational policies. The responsibility for quality education lies with the government, students, teachers, parents, social organizations, businesses, trade unions, but with a fundamental detail: the continuity of quality education policies.

Sobral: originalidade e qualidade em educação

Em dezembro, 6, Izolda Cela (vice-governador do Ceará e ex-secretária de Educação de Sobral e do estado do Ceará) e Veveu Arruda (prefeito de Sobral) estiveram em Stanford e falaram  sobre o sucesso do sistema educacional de Sobral e Ceará no Seminário Tópicos da Educação Brasileira do Centro Lemann.

Embora o Brasil tenha melhorado as políticas educacionais, continuamos colecionando resultados ruins nos rankings internacionais. Este paradoxo é resultado da descontinuidade de políticas educacionais de qualidade. Os indicadores de qualidade da educação dos países que ocupam as primeiras posições demonstram que para chegar aos melhores resultados é necessário um esforço conjunto de diversas instituições e a permanência das políticas educacionais. A responsabilidade pela educação de qualidade é do governo, dos estudantes, dos professores, dos pais, das organizações sociais, das empresas, dos sindicatos, mas com um detalhe fundamental: a continuidade das políticas educacionais de qualidade.