Skip to content Skip to navigation

Ensino técnico e prontidão para a universidade: evolução dos percursos do Ensino Médio nos Estados Unidos

Authors: 
David Stern
Year of Publication: 
2015

A educação para o trabalho no Ensino Médio nos EUA mudou radicalmente desde meados dos anos 1980. O que se chamava educação vocacional (VE, na sigla em inglês) foi rebatizado como ensino técnico-profissionalizante (em inglês, CTE, que significa career-technical education, literalmente educação técnica e para a carreira). Preparar os alunos para entrar imediatamente no mercado de trabalho em tempo integral, logo depois do Ensino Médio, já não é uma meta consensual e muitos alunos que, hoje, frequentam cursos relacionados ao mercado de trabalho no Ensino Médio também frequentam cursos regulares suficientes para entrar em alguma faculdade. Com efeito, o percurso que não visa à universidade está gradualmente desaparecendo das escolas de Ensino Médio nos EUA. A meta da política pública tem sido cada vez mais a de preparar os alunos de Ensino Médio tanto para carreiras profissionais como para a faculdade, e os exemplos de sucesso em vários estados e cidades têm demonstrado que é de fato possível alcançar essas duas metas simultaneamente.

Citation: 

Stern, D. (2016). Ensino técnico e prontidão para a universidade: evolução dos percursos do Ensino Médio nos Estados Unidos